domingo, 25 de novembro de 2012

Pedra de Tropeço - Batalha Espiritual



É importante conhecermos o nosso inimigo e o máximo possível sobre suas estratégias  como Paulo menciona em 2 Coríntios 2:11 "Porque não ignoramos seus ardis".

O inimigo é muito inteligente e articuloso (Efésio 2:2; 6:23). Possui a sua disposição um exército com militantes de todos os escalões  (2 Pedro 2:4). Ele constrói planos contra cada ser humano de forma individual , porque para Deus (seu arqui-inimigo) uma única vida é de grande importância, tanto que quando um pecador se converte há festa no céu (Lucas 15:7). 

O inimigo também conspira contra cada família, seja com suas "maldições hereditárias" ou de inúmeras outras formas, sempre personalizada conforme as fraquezas e brechas de cada família. Mas,  ele também conspira contra a existência de famílias, pois como a família foi constituída por Deus desde a fundação da humanidade (Gênesis 1:27,28 e 2:24) o diabo faz tudo quanto pode para extingui-las, é por isso que hoje vemos relacionamentos entre o mesmo sexo, alto índice de divórcios  filhos contra pais, pais contra filhos e coisas do gênero, isso é prova que o inimigo age contra esta instituição. 

Ele também atua através de regionalidades, por exemplo: uma potestade específica para um bairro, outra para o outro bairro, também tem aqueles demônios responsáveis por toda uma cidade, estado, pais, continente, enfim a organização é extrema. Afinal o diabo vive 24hrs por dia (pois é espírito e não precisa dormir) só para esta luta. Veja, o Brasil por exemplo, foi uma terra explorada logo ao ser formada, com esta atitude veio uma maldição sobre esta terra, e portanto, até hoje temos em nossa liderança (governos) uma grande parte de homens corruptos e exploradores da nação, assim como foram nossos colonizadores. 

"Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras. Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia." Daniel 10:12-13

No texto acima, extraído do livro de Daniel, fica claro a existências de príncipes espirituais, neste caso o príncipe da pérsia é um demônio responsável pela pérsia e então Deus enviou um de seus príncipes, no caso Miguel, para auxiliar ao anjo Gabriel para concluir sua missão, que era de levar a resposta da oração de Daniel até ele. Fica claro também a importância de perseverarmos em oração, pois se Daniel tivesse desistido será que Deus teria enviado o anjo Miguel? Se o próprio Jesus nos ensina a perseverarmos em oração é porque existem regras no mundo espirituais e Deus as cumpre sempre (Lucas 18:1-8).

O inimigo também usa estratégias diferentes para pessoas que fazem parte de um grupo cristão e outras estratégias para aqueles que ainda não estão em Cristo. Hoje quero falar sobre alguns ardis no meio da igreja de Cristo. Podemos citar alguns exemplos:

Pedra de Tropeço    -   Espíritos enganadores   -    Doutrinas de demônios 
Maus pastores         -          Falsos profetas       -  Lobo disfarçado de ovelha
Líderes hipócritas     -                Apostasia        -                 Rebelião

Este tema e todos que estão ligados à batalha espiritual são de extrema complexidade e  dariam centenas de artigos, portanto, hoje quero destacar "Pedra de Tropeço", vamos ver o que  a bíblia nos fala sobre isto.  

Pedra de Tropeço 
A Palavra de Deus nos ensina sobre algumas pedras de tropeços, falaremos sobre as três principais.

Nós, como pedra de tropeço para outrem = Quando escandalizamos um irmão, estamos sendo como uma pedra de tropeço, ou seja, algo em seu caminho que o faz cair de sua fé. Podemos escandalizar nossos irmãos de diversas formas. Na época da igreja primitiva o evangelho era propagado mais para o povo judeu, e este não comia determinadas carnes, então se um cristão comesse estas carnes, pois era mais forte na fé e cria que tudo era abençoado por Deus, ele escandalizaria ao judeu novo convertido, portanto deveria evitar comer aquele tipo de alimento em sua frente. Nos tempos atuais é bastante comum as igrejas terem doutrinas diferentes e portanto, se você pertence a uma igreja onde mulher usar calças compridas é permitido, ao visitar uma igreja onde não é permitido, e você sendo uma mulher, vá de saia. Afinal o que é mais importante a calça ou seu irmão na fé permanecer firme na fé em Deus sem ter o pecado de te julgar pela aparência ou até desistir da fé. Se você acha injusto para você, então leia o texto abaixo. 

"Digo, porém, a consciência, não a tua, mas a do outro. Pois por que há de a minha liberdade ser julgada pela consciência de outrem?  E, se eu com graça participo, por que sou blasfemado naquilo por que dou graças?  Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus. Portai-vos de modo que não deis escândalo nem aos judeus, nem aos gregos, nem à igreja de Deus. Como também eu em tudo agrado a todos, não buscando o meu próprio proveito, mas o de muitos, para que assim se possam salvar." 1 Coríntios 10:29-33

E quando se trata de trazer escândalo para a igreja do Senhor, ser uma pedra de tropeço para um novo convertido é ainda muito pior, pois o próprio Jesus nos diz que seria melhor que colocássemos uma corda em nosso pescoço com a outra ponta amarrada à uma pedra e nos lançássemos ao mar que fazer tropeçar um pequenino. Neste texto podemos compreender como pequeninos tanto as crianças quanto aos novos convertidos que também são chamados de crianças na fé (Lucas 17:2; Marcos 9:42; Mateus 18:6).

O não escandalizar aos irmãos é tão importante que vários versículos ilustram que, se nossa mão ou pé ou olho nos escandalizar é melhor arrancá-los (Marcos 9:43,45, 47; Mateus 5:29,30; 18:8,9,). 

Portanto, vigie o que comer e o que vestir e como falar para não ser pedra de tropeço para o irmão, mesmo não sendo errado (1 Coríntios 8:9,13).

"Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu reino tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniquidade". Mateus 13:41

"Assim que não nos julguemos mais uns aos outros; antes seja o vosso propósito não pôr tropeço ou escândalo ao irmão". Romanos 14:13

A iniquidade como pedra de tropeço= podemos dizer que iniquidade é um pecado de repetição, portanto quando nós, cristãos estamos presos a ela isto serve de pedra de tropeço e nos leva a morte espiritual (Ezequiel 18:30). 

Jesus como pedra de tropeço para os Judeus= Não se admire com isto irmãos, mas Jesus foi e é uma pedra de tropeço para alguns povos e crenças e para muitos que conheciam sua origem humilde (Marcos 6:3).

"Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos". 1 Coríntios 1:23

"Como está escrito: Eis que eu ponho em Sião uma pedra de tropeço, e uma rocha de escândalo; E todo aquele que crer nela não será confundido." Romanos 9:33

"Então ele vos será por santuário; mas servirá de pedra de tropeço, e rocha de escândalo, às duas casas de Israel; por armadilha e laço aos moradores de Jerusalém". Isaías 8:14

Amados, não se enganem, o único a ser permitido ser pedra de tropeço é Cristo, pois é o Filho de Deus, a nós, meros mortais, não podemos de forma alguma servir de tropeço para outros, portanto vigia, sede sóbrios e sempre coloque o outro como mais importante do que você, isto é ser um autêntico cristão, pois assim agiu Jesus Cristo o qual devemos ser imitadores. 

Melhore-se






10 comentários:

  1. Muito bom.... Deus falou comigo tremendamente!

    ResponderExcluir
  2. muito bom, só não concordo que fale que o único a ser permitido ser pedra de tropeço é Cristo, pois é o Filho de Deus, ao meu vê Cristo nunca foi ,e nunca será pedra de tropeço pra ninguém,afinal ele se doou na Cruz por amor de nós,...e prova de Amor como essa nunca vamos vê,e pra mim tropeço e uma coisa negativa ruim, e Cristo e amor ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amada, em Marcos 6:3 você lê que Cristo foi pedra de tropeço, pois esperavam um salvador rico e Ele foi pobre, não por Ele fazer mal para alguém, mas por suas crenças incorretas. Ele é a Rocha Eterna, quem olha pra Ele nunca tropeçará.

      Excluir
  3. No seu capítulo 8 e verso 14, o filho de Amoz faz um paralelo sobre como o Senhor se revelaria aos obedientes e aos rebeldes. Para os primeiros, Ele seria santuário. Santuário significa a parte secreta do templo ou edifício consagrado à cerimônia de determinada religião. Resume-se como "morada de Deus", "lugar de Sua habitação". Para aqueles que creem e obedecem ao Pai, este lhes revela a Sua presença. Já para os desobedientes, Deus é pedra de tropeço, ou seja, laço, queda, armadilha, pois aqueles que vão contra a Sua vontade não prevalecem, mas caem.

    ResponderExcluir
  4. muio bom uma liçao e t
    anto para mim

    ResponderExcluir
  5. É triste..

    Só de eu conversar com as pessoas e com as garotas da igreja (Ou até mesmo falar sobre ministério ) eles (quase todos) já vê coisa errada nisto.

    Como posso congregar (congregar significa reunir se) assim?

    Triste a malícia :(

    ResponderExcluir
  6. palvra maravilhosa, pena que haja pessoas que ainda não compeendem a palavra..pois é muito clara, Jesus é pedra de tropeço como a propria palavra diz..mais isso é apenas para os desobedientes, os que não honram ao pai, para os verdadeiros adoradores nunca será pedra de tropeço.

    ResponderExcluir

Comente